TT Ads

Capa da nova edição da Entertainment Weekly, Lady Gaga e Bradley Cooper continuam com a divulgação pesada de Nasce Uma Estrela. Afinal, o filme terá sua primeira exibição oficial no final deste mês durante o Festival de Veneza, no dia 31, e tá todo mundo bem curioso para ver Gaga pela primeira vez nas telonas.

Esta é a quarta adaptação do longa, que, além da versão original de 1937, invadiu os cinemas em 1954 e 1976. Todas, vale dizer, estreladas por grande divas, como é o caso de Barbra Streisand, protagonista do filme de 1976.

“Muita gente me disse: Por favor, não faça isso. Pessoas que eu respeito e se importam comigo”, revelou Cooper, que também dirige a nova versão. “Eu sabia que poderia ser o final de tudo se não funcionasse […] Mas, eu não consegui negar o que eu senti lá no fundo e é por isso que eu escolhi o filme. Ele acendeu algo em mim”.

Segunda a revista, o ator/diretor transformou a clássica história em um “empolgante e emocionante épico do rock”. É que algumas das cenas musicais foram gravadas em festivais de verdade, incluindo o Coachella e o Glastonbury.

“Eu queria que o público sentisse como seria se você fosse a pessoa no palco”, diz. Ele também fala sobre como foi trabalhar com Gaga. “O céu é o limite quando você acha um companheiro artístico. Não existe sonhar demais. O que as pessoas podem fazer juntas é muito mais poderoso do que elas podem fazer sozinhas”.

E, sobre Coope, Gaga comenta: “Eu aprendi com o Bradley que está tudo bem em estar implacavelmente certo da sua visão, e ir atrás dela com cada pedaço do seu ser, e não parar até que você termine o que está fazendo”.

“Isso me mudou. Ver o trabalho de Bradley foi incrível e, ele acreditar em mim me deu munições para acreditar em mim e me sentir abençoada de ter dito essa experiência”, completa a cantora.

Nasce Uma Estrela estreia nos EUA no dia 5 de outubro.

Fonte: Papel pop

TT Ads

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>