Imagem
Foto/Imagem Correio

Até 1º de janeiro, Boca do Rio reúne shows e atividades culturais

Apresentações são na Arena Daniela Mercury

Misture num mesmo palco atrações musicais locais e nacionais, uma roda-gigante de 36 metros, tirolesa, feira de economia criativa e gastronomia. O resultado desse caldeirão cultural poderá ser conferido até o dia 1º de janeiro na Arena Daniela Mercury, agora localizada na Boca do Rio, no Parque dos Ventos.

Hoje e amanhã, a abertura dos portões será  às 16h. No domingo e segunda, a entrada será  às 15h. Além da programação no palco do Festival Virada Salvador, cinco representantes da cultura afro na Bahia foram convidados para fazer a abertura da festa, na forma de cortejo. Hoje e amanhã, às 17h, Muzenza e Cortejo Afro, respectivamente, dão início às atividades. Nos dias 31 e 1º, a abertura fica por conta do Ilê Aiyê e Filhos de Gandhy,  às 16h.

Os grandes shows terão início às 18h30, com duração média de 1h30. No entanto, enquanto os organizadores trocam os equipamentos do cenário para o início do novo espetáculo, haverá apresentação do grupo FitDance para manter a plateia em clima de festa. Além do espaço gratuito, o público também poderá contar com dois camarotes: um a preço popular e outro com mais atrações.

Caldeirão cultural 
De acordo com o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur) Isaac Edington, a proposta do Festival  Virada é fortalecer a plataforma de negócios da cidade, promovendo não apenas um dia de evento, mas cinco dias de grade variada para agradar a todos.

 

 

 

“O Festival na Praça Cayru era bom, mas nesse espaço diferenciado, ele ficará ainda melhor, com maior acessibilidade e respeito à vocação litorânea da capital baiana”, completa, ressaltando que a programação variada possibilita que os fãs de ritmos diversos possam aproveitar os shows. “Se houver alguma atração que não interesse, há a possibilidade de diversão nos equipamentos, na feira ou mesmo na praça de alimentação”, completa.

Vale salientar que a  roda-gigante foi sucesso no Rock in Rio e no Vila Mix de Goiânia. A estrutura tem 36 metros de altura e é toda iluminada em LED. O equipamento tem capacidade para receber até 140 pessoas de uma só vez.

Virada
Pelo terceiro ano consecutivo, a cantora Ivete Sangalo comandará a contagem da virada de ano. No repertório do último show que faz antes do nascimento das gêmeas, Ivete leva para o público as canções consagradas da carreira, bem como hits mais recentes, sucesso nas rádios e plataformas digitais, como Cheguei Pra Te Amar, parceria com Mc Livinho, e À Vontade, dueto com Wesley Safadão. “Tocar em Salvador é sempre maravilhoso! Agora, tocar em Salvador na virada do ano, no Réveillon, isso é a garantia de um ano novo com muita sorte, com muitas perspectivas, muita alegria, muitas realizações”, diz a cantora, antes da parada nas atividades de palco.

O público que acompanhar a passagem do ano do Festival Virada Salvador vai conferir também a queima de fogos que está sendo preparada para receber 2018. Como tradicionalmente ocorre, Daniela Mercury se apresenta no primeiro dia do ano. “Ela sintetiza o talento do artista baiano”, conclui Isaac.

Contagem Regressiva

Hoje

18h30  Rafa e Pipo Marques
20h  Skank
21h30  Luan Santana
23h  Claudia Leitte
0h30  Saulo
2h  Solange Almeida

Sábado, 30
18h30  Olodum
20h  Carlinhos Brown e 
Timbalada
21h30  Wesley Safadão
23h  Jota Quest
0h30  Matheus e Kauan
2h  Leo Santana

Domingo, 31
18h30  Amanda Santiago
20h  Bell Marques
21h30  Jorge e Mateus
23h  Ivete Sangalo
0h30  Marília Mendonça
2h  DJ Alok
3h30  Psirico

Segunda-feira, 1º
18h30  Danniel Vieira
20h  Margareth Menezes
21h30  Daniela Mercury
23h Mariene de Castro


Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!